Ex-BBB Íris Stefanelli explica sumiço da TV e revela mágoa de emissora

Íris Stefanelli ficou famosa em rede nacional no “BBB 7” (2007), em que formou um triângulo amoroso com Diego Alemão e Fani Pacheco. No mesmo ano, ela estreou como repórter do TV Fama, na Rede TV!, e trabalhou na emissora até 2018. Ao UOL, ela admite que ficou chateada no momento que foi dispensada.

“Fiquei magoada, porque fui pega de surpresa. Mas depois me senti grata. Após a saída da Rede TV!, minha loja triplicou de vendas. Agradeço a Deus de joelhos, hoje a minha vida é outra graças à loja. Trabalhando para mim mesma, se houver algo que não me agrade, não faço. Quando era repórter, se tivesse matéria de madrugada, 3h da manhã de um sábado, eu tinha que ir, debaixo de chuva, poeira, doente ou não”, disse.

A mineira deixa claro que aprendeu bastante na emissora, mantém amigos lá e valoriza todo o aprendizado ao longo dos mais de 10 anos de casa. “No dia que saí fiquei magoada, ninguém quer perde o emprego, né? Hoje não guardo mágoa da emissora, sou muito grata a tudo que aprendi”.

Íris mantém uma loja online de roupas e diz que as vendas aumentaram bastante depois que ela passou a se dedicar mais ao trabalho. “Você sendo dona do seu negócio é outro conforto, é outra vida. Tem a responsabilidade, mas é um milhão de vezes melhor. Hoje, no final das contas, sou grata à Rede TV! por tudo o que aprendi. Meu foco agora é ser empresária e não ter patrão, aprendi a trabalhar.”

O perfil da loja no Instagram tem quase 100 mil seguidores. Mas boa parte dos compradores vão para o site de vendas diretamente do perfil da ex-BBB, com quase um milhão de seguidores. Íris acompanha as tendências da moda e sempre tenta associar trabalhos com outras marcas a seu negócio. “Faço fotos para outras lojas também, sei o que a cliente quer, como vende, como tem que ser a foto. Então, acabei aprendendo por andar no meio. Acabei aprendendo a linguagem das blogueiras e das compradoras.”

Apesar de não estar mais diariamente no ar na TV aberta, Íris tem realizado alguns projetos. “Faço propaganda da Telesena e estou com um programa de agronegócio em 67 cidades. Esse programa estreia agora em setembro. Não tinha aceitado antes porque minha loja toma muito tempo.”

Grana pós-BBB

(durante o BBB7 (reprodução/TV Globo)

Com os trabalhos que surgiram após o Big Brother, Íris conseguiu faturar seu primeiro milhão, prêmio correspondente ao que o reality pagou na época para o campeão, em pouco tempo. Em menos de um ano, ela comprou casa e carro.

“Os seis primeiros meses da Globo são essenciais para fazer patrimônio. A maioria da minha época que se destacou conseguiu comprar carro e apartamento. Acho que o primeiro ano é quando se ganha mais dinheiro”, contou ela. “No meu caso, me dei bem porque entrei numa emissora como apresentadora e já tinha campanhas publicitárias encaixadas. Para mim foi maravilhoso”, completou ela. Apesar de considerar o BBB uma experiência positiva, Íris diz que não participaria de outro reality.

“Adoro A Fazenda, assisto, mas não tenho paciência de ficar trancada, Deus me livre”, conclui.