Ex-BBB Paulinha Leite relata depressão após engordar mais de 20 quilos

Desde que deixou o Big Brother (Globo), em 2011, Paulinha Leite trava uma luta contra a balança. Ela conta que engordou no programa e, após sair do reality, chegou aos 100 quilos. Preocupada com sua saúde e com a falta de qualidade de vida, a ex-BBB decidiu emagrecer. Chegou a perder 44 quilos e, após um tempo, conseguiu manter uma média de 70 quilos durante cinco anos. Mas, devido a um problema no joelho que a impossibilitou de treinar durante um período, Paula acabou engordando e ficou emocionalmente abalada.

“Quando tive que parar de treinar, fiquei um pouco deprimida porque os remédios estavam me inchando e inchando meu rosto. Eu estava reduzindo minha alimentação e não emagrecia. Achava que estava engordando porque não estava treinando, mas não. Era por conta dos remédios. Só fui ter noção disso depois que parei de tomá-los”, explica

Por conta do ganho de peso, Paulinha chegou a perder trabalhos com presenças VIP e como influenciadora nas redes sociais. “Antes, eu ia para a academia de manhã, e meus trabalhos eram todos fitness: inauguração de academia, presença em lojas, divulgação para foto, campanha de chá, estética, tudo voltado para esse meio. Depois, eu meio que larguei e não tinha nem como divulgar treino se eu não estava fazendo aquilo. Parei de fazer tudo. Para mim, arrancaram meu dia todo. Quando o médico falou que eu não podia mais treinar, eu pensei: ‘Vou falar sobre o quê? Vou fazer o quê?’.” A ex-BBB Paula Leite voltou a fazer dieta e exercícios para evitar o efeito sanfona

O efeito sanfona continuou por mais um período e, neste ano, ela teve dengue hemorrágica e ficou dez dias internada. Após uma viagem de férias para o Rio de Janeiro, em que se permitiu comer e beber à vontade, a ex-BBB percebeu que ganhou mais de 20 quilos nos últimos dois anos e decidiu voltar a emagrecer. Com 82,2 kg, Paula iniciou uma nova dieta na segunda-feira (26). Nesse novo desafio, ela é acompanhada pelas redes sociais por milhares de pessoas –89% de seus mais de 400 mil seguidores do Instagram, segundo ela, são formados por mulheres, muitas com dificuldades semelhantes.

“Uma pessoa que já foi gorda não quer voltar a ser. Me aceito muito bem do jeito que sou, só que, quando você fica magro, saudável, fica bem melhor, tem disposição para tudo, dorme melhor, sua pele é outra, seu cabelo é outro, tudo muda”, diz.

“Não estou falando daquelas pessoas que fazem maluquices para emagrecer e ficam doentes, estou falando de quem emagrece saudavelmente. Depois que a gente experimenta a vida magra, saudável, tem medo de engordar”, continua.

Para incentivar suas seguidoras, Paula pretende lançar desafios quinzenais com corte de pães ou refrigerantes, por exemplo. “Eu já quis ser igual a alguém famoso. Antes, eu não tinha noção, queria ser magra e ser pequenininha. Seguia umas meninas a quem nunca vou ser igual, nem se eu ficar com 50 quilos, porque a minha estrutura não tem nada a ver com a delas. Sempre bato na tecla, não queira ser igual a ninguém, se inspire em alguém, mas queira ser a sua melhor versão.”

Ela continua: “Se a sua melhor versão é gordinha, se você está com seus exames em dia, está tudo certo. Se é ser magra, vá ser magra, tem que estar bem consigo mesmo”

Vaidosa, Paula já fez lipoaspiração nas costas, colocou 380 ml de silicone nos seios, tem mega hair nos cabelos e fez recentemente uma harmonização facial.

“Fiz rinomodelação e preenchimento no filtro da boca, aquele desenho que vai do nariz para a boca”, explica. Sortuda do BBB Durante sua participação no BBB 11, Paula ganhou um apartamento na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, um carro e uma moto.

A participação no reality show foi positiva para ela.

“Acho que o Big Brother só é ruim para quem sai de lá como vilão. Nem todo o mundo entra lá para ser atriz. O pessoal tem mania de dizer ‘os ex-bbbs que deram certo’. Tem gente que só entrou pela grana, conheço vários que não estão nem aí para mídia. Entrei lá porque era fã do programa, não pensava nem no prêmio”, conclui.