Homem quer que ex devolva dinheiro que gastou com menino após DNA

O menino já tem oito anos e o homem acreditava que era seu filho até o exame de DNA mostrar a verdade

Após passar oito anos criando um menino que acreditava ser seu filho, um homem tomou uma atitude no mínimo inusitada. Quando o exame de DNA revelou que a criança não era seu filho, o homem decidiu processar a ex-mulher.

No processo, ele pede para que ela devolva todo o dinheiro que ele gastou ao longo dos oito anos criando o pequeno. O homem ainda pede compensação pelo estresse que passou diante de toda a situação.

O ex-marido também quer que a mulher revele quem é o verdadeiro pai da criança. O caso está sendo julgado pela divisão da família do Tribunal Superior de Londres na Inglaterra.

O Tribunal Superior de Londres onde está ocorrendo o julgamento do processo do homem que soube não ser pai do menino

O juiz responsável pelo caso afirmou na última quarta-feira (03/07) que o homem está devastado por saber que não é o pai e que no momento está com muita raiva.

O magistrado ainda relatou que a mãe da criança está “cheia de remorso”. O juiz ainda não chegou a uma conclusão sobre o que fazer diante do caso.