Morre aos 72 anos a cantora e compositora Beth Carvalho

Escrita por Jorge Aragão, Almir Guineto e Luís Carlos, Coisinha do Pai se tornou um ícone do samba na voz de Beth Carvalho, morta nesta terça-feira, 30, aos 72 anos.

Cantora e compositora, Beth também era conhecida como a Madrinha do Samba e um dos maiores nomes da história do gênero.

Ela estava internada no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, Zona Sul da cidade, desde o início de 2019. A causa da morte foi infecção generalizada, informou o hospital, em comunicado.

A cantora convivia com um grave problema de saúde que lhe afligia a algum tempo. No ano de 2009, Beth Carvalho precisou cancelar um show no Réveillon de Copacabana, devido estar sentindo fortes dores na coluna. Em 2012, passou por uma delicada cirurgia na coluna. No ano seguinte, foi homenageada pela escola Acadêmicos de Tatuapé, no Carnaval de São Paulo, mas também não pôde participar do desfile devido a problemas de saúde.

Show histórico

Em 2018, com a mobilidade cada vez mais reduzida pelos efeitos do problema na coluna, Beth fez um show histórico. Ao lado do grupo fundo de Quintal, mostrou sua força ao cantar deitada seus sucessos no show Beth Carvalho encontra Fundo de Quintal – 40 anos de pé no chão.

Beth Carvalho canta deitada em show no Rio de Janeiro — Foto: Mauro Ferreira